Como cuidar das cicatrizes no verão

Como cuidar das cicatrizes

Esta é uma época do ano em que você deve estar desejando apenas três coisas: férias, sol e mar. Porém, com a chegada do verão é muito importante que os cuidados com a pele, principalmente quem se submeteu a alguma cirurgia plástica, sejam redobrados para evitar o aparecimento de manchas e outros problemas decorrentes da exposição excessiva ao sol.

Existem dois pontos que exigem atenção especial das pessoas que se encontram em período de recuperação pós-operatório: as equimoses (roxos resultantes da cirurgia) e as cicatrizes. De forma geral, o período pós-operatório dura aproximadamente 6 meses e mesmo que a região já esteja em um processo evolutivo mais avançado, é importante que o paciente ainda cuide da região operada.

Durante o pós-operatório inicial, é normal a região apresentar o que chamamos de equimose, que nada mais são do que os roxos que aparecem após a cirurgia plástica. O sangue acumulado nessas regiões apresenta hemoglobina que possuem ferro e caso o paciente exponha essas regiões ao sol, há a possibilidade de que ao fim do período de recuperação ainda restem pequenas manchas na pele.

As cicatrizes também devem receber um cuidado especial no verão, pois se expostas precocemente ao sol podem escurecer. A recomendação, independente da fase do pós-operatório, é não ir ao sol até o segundo mês de cirurgia, por mais que a região já esteja cicatrizada.

Após o segundo mês, é muito importante que o paciente passe protetor solar com FPS 60 ou superior nas áreas operadas e em cima da cicatriz e se exponha o mínimo possível ao sol. Uma das opções que o mercado disponibiliza também são as roupas e biquínis com proteção UV, que podem auxiliar na proteção extra para essas regiões. Caso precise fazer uma viagem e esteja no período pós-operatório, não deixe de conversar com seu cirurgião plástico e siga à risca as recomendações. Sua pele agradece!