Procedimentos Estéticos Faciais Não-Cirurgicos

Em um dos últimos dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a busca por procedimentos estéticos não cirúrgicos cresceu 390% pelas mulheres.

O sonho de muitas delas é ter uma aparência jovial quando o assunto é sua aparência física e isso tem se tornado possível com o crescimento de uma variedades de procedimentos estéticos de formas não invasivas.


A grande vantagem de optar por esses procedimentos sem cortes é que a paciente realiza o procedimento no próprio consultório médico e pode ir para casa do mesmo dia.

Conheça alguns dos procedimento mais utilizados pelas mulheres para atingir a aparência desejada.

 

Aplicação de toxina (paralisadora de músculos)


Seu objetivo é paralisar os músculos causadores das rugas e linhas de expressão dinâmicas através da aplicação de toxina (paralisadora de músculos) melhorando as rugas dinâmicas existentes e prevenindo assim o aparecimento de novas linhas e  rugas, dinâmicas e estáticas. A aplicação dura apenas alguns instantes e o resultado pode ser visto até 7 dias após a aplicação, sendo que a duração média é de 4 a 6 meses. A toxina aplicada dentro das normas e volumes estabelecidos por órgãos responsáveis não oferece risco aos pacientes, podendo ser reaplicada logo após seu efeito ter acabado.

As regiões mais comuns da face que podem receber a toxina são: testa, glabela (região entre a sobrancelha), lateral dos olhos (região onde aparecem os ‘pés de galinha’), nariz (bunny lines), lábios e colo (região superior do tórax). 

A aplicação de toxina tem sido uma escolha de pacientes cada vez mais jovens como forma de prevenir o envelhecimento precoce.

Outro aspecto agradável de sua utilização, é a possibilidade de alterar o balanço muscular de algumas áreas, como por exemplo com elevação da região lateral das sobrancelhas, que geralmente se apresentam caídas ou relaxamento da porção central do lábio superior, nas pessoas que apresentam sorriso gengival.

Em alguns casos, é possível inclusive, através da paralisação muscular específica, tratar a queda da ponta do nariz em pessoas com ponta nasal caída, em especial quando sorriem.

É sempre importante ressaltar que a aplicação deve ser feita por um profissional qualificado a fim de garantir a segurança do procedimento e a qualidade do resultado, sempre em busca de uma aparência natural, evitando uma face esticada” e sem expressões.

Preenchimentos com Ácido Hialurônico ou Gordura

Esta opção pode ser usada para harmonizar o contorno facial e dar mais volume em determinadas regiões, que se tornam profundas com o decorrer do tempo, tornando o rosto mais harmônico e com aspecto mais jovial e agradável.

Os procedimentos mais comuns para realizar o preenchimento são: aumento labial, preenchimento do bigode chinês (sulcos naso-genianos e labio-mandibulares), preenchimento em rugas e depressões indesejáveis na face ou até mesmo tratar olheiras e profundas.

Assim como a aplicação de toxina, a realização de preenchimento pode ser realizada em alguns instantes e logo após a realização, o paciente pode voltar para casa.

Outra aplicação crescente dos preenchimentos com ácido hialurônico é a rinoplastia não cirúrgica ou rinomodelação, onde, é possível em alguns casos, alterar a forma do nariz como em uma rinoplastia, porém sem os inconvenientes da cirurgia, e em minutos.

Radiofrequência fracionada

Este procedimento funciona através de ondas eletromagnéticas na pele que são aplicadas através de microfuros causando pequenas lesões no rosto que ao entrar no processo de cicatrização, estimulam a produção de colágeno e regeneração na pele, promovendo o rejuvenescimento.

A radiofrequência fracionada se assemelha a aplicação de lasers e peelings químicos, mas com a vantagem de ser mais seguro e ter menos efeitos colaterais. Ela também contribui para fechamento dos poros, proporcionando uma pele com aspecto mais uniforme.

Alguns tratamentos que podem ser utilizados a radiofrequência fracionada: rugas, flacidez, olheiras, cicatriz de acne, cicatrizes em geral, estrias, manchas, entre outras.

Consulte sempre um médico para escolher o melhor tratamento estético para o seu caso.