COXOPLASTIA

Lift de Coxas é uma operação realizada para eliminar a flacidez de pele na face interna das coxas. A flacidez da face interna das coxas é frequentemente o sinal mais precoce de envelhecimento das coxas e um dos primeiros sinais de envelhecimento corporal. A pele nessa região é fina e inelástica, resultando em relaxamento precoce com a idade e pouca retração após a Lipoaspiração, mesmo em pacientes com menos de 35 anos. No entanto, o principal fator responsável pela flacidez intensa na face interna das coxas, é a perda acentuada de peso, seja por dietas ou por Cirurgia Bariátrica (operação para emagrecimento).

A frouxidão pode aparecer precocemente em pacientes jovens, sobretudo naqueles com obesidade infantil, perdas acentuadas de peso e com tendência familiar, entre outras.

Durante a operação, é realizada a retirada da pele e da gordura excedentes no local, através de incisão cirúrgica.


Anestesia

Geralmente emprega-se a anestesia peridural com sedação, salvo em casos a serem analisados individualmente, onde se torna necessária a anestesia geral. Há possibilidade de que a escolha seja feita pelo paciente, todavia com prévia ponderação de sua conveniência com a equipe cirúrgica e anestésica.

Operação

Dura em média 3 horas, podendo variar para mais ou menos dependendo do caso.

Associação com Lipoaspiração

A gordura localizada na coxa poderá também ser corrigida acrescentando-se um procedimento de Lipoaspiração, melhorando assim o resultado global. A associação com Lipoaspiração é a regra, ocorrendo na maioria dos casos.

Localização da cicatriz da operação

As cicatrizes podem localizar-se de 2 maneiras, dependendo do grau e localização da flacidez:

  1. Na maioria dos pacientes, a cicatriz localiza-se superiormente na prega da virilha (podendo ir até o abdome inferior em cima, dependendo do grau de flacidez), descendo para a raiz da coxa ao lado da genitália, alcançando sua extensão posterior no sulco glúteo (prega do bumbum) em extensão variável dependendo do grau de flacidez;
  2. Nos casos raros de pacientes que apresentam flacidez acentuada na face medial da coxa (face interna) de maneira a formar dobras cutâneas, com ou sem a presença de depósitos de gordura, além da cicatriz acima descrita, acrescenta-se cicatriz longitudinal na face medial da coxa, da raiz da coxa em direção ao joelho, em maior ou menor extensão dependendo do grau e localização da flacidez, podendo atingi-lo.

Período de internação

O período normal de internação é de 1 dia.

O pós-operatório é praticamente indolor, sendo que as dores, se houverem, serão facilmente combatidas com analgésicos comuns.

Período de Recuperação

É variável de pessoa para pessoa, mas em média, gira em torno de 30 a 40 dias. A partir daí o paciente começa a ter condições para trabalhar, ainda que com restrições.

Uso de modelador

O uso de modelador, em caso de Coxoplastia, não é necessário, dadas as características próprias da região. No entanto caso o paciente sinta-se mais segura com algum tipo de cinta de contenção, essa deverá fazer compressão leve no local.

Retirada dos pontos

Em média, do 7º ao 21º dia.

Banho completo

Geralmente depois de decorridos 2 ou 3 dias da cirurgia. Contudo, alguns casos poderão necessitar cuidados especiais sobre a área operada, sendo então recomendado evitar o umedecimento do local por 7 dias. Aconselhável acompanhante.

Retorno às atividades esportivas

Pacientes submetidos a Coxoplastia podem retornar às atividades esportivas depois de decorridos 60 dias da operação, porém só estarão liberados para exercícios que utilizem os membros inferiores com maior intensidade (como musculação e ciclismo) após 90 dias.