Rinoplastia: Aliando Estética e Funcionalidade na Harmonização Facial

O nariz não possui apenas a função respiratória, mas também estética em relação a aparência do rosto. Há inúmeras razões pelas quais podemos observar a diversidade de formatos e tamanhos espalhados pelo globo, sejam elas genéticas ou por algum fator externo, como acidentes. Porém se há um consenso entre a maioria é de que um nariz esteticamente harmônico muda qualquer aparência. Não é à toa que sabemos de algumas celebridades que deram aquela “recauchutada” no nariz depois da fama.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a Rinoplastia – cirurgia plástica indicada para correção estética do nariz – pode alterar o aspecto nasal de diversas formas em relação às demais estruturas faciais. “O cirurgião pode alterar a largura do dorso nasal, o perfil do nariz, a ponta – que pode ser grande, caída ou muito arrebitada -, nas narinas e a assimetria nasal, melhorando a aparência e as proporções do nariz em relação a face”, explicam.

Benefícios da Rinoplastia

Os resultados estéticos são os mais evidenciados pelos pacientes, porém a cirurgia pode ser associada a outros procedimentos nasais, como a correção do septo nasal e a turbinectomia, que retira parte dos cornetos nasais. Em sua prática neste tipo de cirurgia, o cirurgião plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Dr. Pablo Huber, explica que nesses casos específicos é importante aliar estética a funcionalidade.

“Quando o paciente chega em consultório, ele sempre tem uma imagem que deseja e considera como um nariz bonito. O problema é que nem sempre esse nariz é funcional e corresponde a estrutura facial existente no paciente. Além disso, em alguns casos, para alcançar o resultado desejado pelo paciente, seria necessário afetar a parte funcional do nariz, que deve ficar intacta após a cirurgia para evitar problemas respiratórios posteriores”,

Em sua grande maioria, a Rinoplastia consegue corrigir os defeitos estruturais internos do nariz, de forma a proporcionar uma melhora em sua respiração, além do benefício estético.

Quem pode fazer

A única restrição é com relação a idade do paciente. A recomendação médica é que a Rinoplastia seja feita a partir dos 15 anos, idade em que o desenvolvimento facial já está completo e não haverá alterações drásticas após a cirurgia.

Como é a cirurgia

A cirurgia de Rinoplastia demora, aproximadamente, duas horas. Pode ser realizada com anestesia local e sedação e, em alguns casos específicos, com anestesia geral. Após esse momento, o cirurgião dá início ao procedimento fazendo as incisões e a remodelação da estrutura do nariz, a correção do desvio de septo e o fechamento das incisões. No geral, a alta médica é no mesmo dia ou no dia seguinte.

Para se alcançar o resultado desejado, é importante que o paciente saiba que existirão diversas fases evolutivas ao longo do tempo. As reações diferem de pessoa para pessoa, por isso é essencial respeitar o tempo do organismo para que se adapte a esta nova situação. O resultado final é alcançado em até 12 meses.